terça-feira, 10 de abril de 2007

Poema 2


Sobre Fugas

Ela me disse que vivo fugindo...
Engano.
Vivo chegando aos mesmos novos e inesquecíveis lugares.

É verdade que caminho sozinho:
não preciso que ninguém me leve aos meus destinos.
Tenho meus próprios barcos de papel
minhas gaivotas de sombra
meu giz de cera
e meus carrinhos de madeira.

Ela me disse que vivo fugindo...
Engano.
De vez em quando surge alguma princesa encantada que me dá gosto salvar e cuidar...

É verdade que nem tudo é mágica:
Dou-lhe um beijo
nos consagramos os donos de todo o reino
e, num grande corcel negro, um belo dia, desapareço
(mas só assim o faz-de-conta o é por inteiro...)

Ela me disse que vivo fugindo...
Engano.

Vivo pra espantar dragões malvados
e bruxas narigudas
e nuvens feias de dentro mim

Vivo pra viver a delícia de, após cada batalha, me encontrar cansado
abatido
quase-amargo
e condecorar minha alma
com a medalha que só merecem
aqueles que para a fantasia dizem
“sim”.


(por Filipe C.)

13 comentários:

Amélia disse...

Fabuloso!

:)

Juliana disse...

Não sei pq esconde esse seu talento..tão lindo..
mostre para a turma..
ela vai gostar..
parabéns!

disse...

Mais do que encantador.
É cada vez mais interessante poder ler os textos de vocês.

=)

Clarisse disse...

Entrei aqui movida pela curiosidade e animada por um espírito crítico com a intenção de fazer um comentário bem embasado e igualmente crítico... mas acho que meu animus se perdeu, e acabei me limitando a dizer uma só palavra acerca do texto: lindo!

:)

Clá .

Natália disse...

fantasioso e reflexivo! gostei!

Viviane disse...

Sensacionaaal!
Sem palavras...
Além de ótimo professor ainda é exelente escritor!
Hehehe

Bjooos
=]

Scarambone disse...

tão lindo quanto vc coisa fofa do pai!!!!

Scarambone disse...

ps.: couto eu não sei pq vc erruste seu talento. Eu sei que são talentos diferentes, mas por exemplo o Quintas enrruste o dele e nos todos vemos no que DÀ!!!! abraços e saudade!!!

samimassalami disse...

Versos Brancos,Métrica Livre
Amor idealizado,uso frequente de figuras de linguagem etc hahaha
gostei do poema, acho que você
deveria se inscrever no concurso
literário do pH,tem muitas chances
de ganhar hein? haha
só acho que tem que trabalhar o nome
dos poemas!!!
abraço meu caro!

Adriana disse...

Ora ora... Foge sim !!! A parte do Corcel é especialmente tocante.

Quando virá o livro ?

Aline Felicidade(Ph) disse...

Nossa!
Que medo de amar...

Anônimo disse...

Parabéns pelos textos. Tenho certeza que se publicasse um livro faria muito sucesso.
Você deveria ler seus poemas em classe, seria aplaudido de pé.
Mas também, o que poderia se esperar de um professor e de uma pessoa maravilhosa? Nada menos do que isso!rsrsrsrs

Beijosssss.
Muito lindo mesmo.

Juju disse...

Parabéns pelos textos. Tenho certeza que se publicasse um livro faria muito sucesso.
Você deveria ler seus poemas em classe, seria aplaudido de pé.
Mas também, o que poderia se esperar de um professor e de uma pessoa maravilhosa? Nada menos do que isso!rsrsrsrs

Beijosssss.
Muito lindo mesmo.
Droga saiu anonimo....