terça-feira, 26 de agosto de 2008

Poemas 88 e 89


Sobre Decisões


(Para ter espaço)
apertei o passado
num canto da mala.

Antes de partir,
lacrei meu quarto
com o escuro dentro.

(por Filipe C.)

Sobre a Cerveja

Porque a noite
nem sempre é cuidadosa
com seus cúmplices,

insisto em beber
um pouco desse sol gelado
(com poucas nuvens),

que desce emprestando
a luz que deixa homens e deuses
gloriosamente impunes.

No copo vazio
(estranha concha provisória)

o imprevisto vaticínio
de todas as histórias.
(por Filipe C.)

10 comentários:

Filipe disse...

Pessoal,
Obrigado pelas visitas e pelos comentários de semana passada!
Grande abraço a todos!

Rebecca disse...

Só você pra fazer um poema pra cerveja!!! HAHAHAHAHA
Ficou MUITO maneiro!
Parabéns!

Não ando comentando muito, mas estou sempre por aqui!

Max Motta disse...

Gostei muito do poema "Decisões". Falsa simplicidade que leva a muitas relexões. O da "Cerveja" é o contrário: a grandiloqüência para tratar da cerveja é um contraste à sua simplicidade.

Dois temas e dois tratamentos surpreendentes!

Poeta bom é assim!

Abraço!

Jéssica Quadros disse...

O passado é sempre apertado pra caber em uma mala enorme na qual pretendemos carregar tudo.

E as vezes de tão apertado acabamos perdendo algumas coisas pelo caminho...

Parabéns, Filipe.

vivi disse...

Sobre Decisões!

Você é insuperável nesses poemas mais sintéticos!

Paulo Leminski, Alice Ruiz e Chacal que se cuidem! hahaha

vanessa disse...

Não gosto muito de poesia mas as suas até que são suportáveis... Brincadeira! =)

Gostei do poema da cerveja!

Renata Portugal disse...

Gostei muito deste primeiro.
O passado apertado na mala deixou o vazio escuro do quarto, seria isto?

Incrível como trata a cerveja no segundo!

Parabéns mais uma vez,

da sua aluna.

Diego Moreira disse...

"Sobre a Cerveja" é pra imprimir e guardar no bolso, esperando a oportunidade para ler de pé, em cima do balcão de aço dos botequins mais vagabundos dessa cidade, diante da mais esplendorosa platéia que se pode ter: os bebuns, amantes fiéis das cervejas de todos os dias.

Que poema, malandro!
Abração!

Patty Manzione disse...

tinha que teer algum sobre cerveja, né Couto ? :)
adoorei !

epichinine disse...

"Sobre Decisões" é uma dica para sempre retomar o dia e pensar literalmente sobre determinadas decisões..
Abraços.
Eliana Pichinine