terça-feira, 25 de março de 2008

Poema 59


Seis mil visitas de computadores diferentes... Mil em um mês. Quase vinte mil acessos desde junho do ano passado, segundo o
blogpatrol. Mais um vez, obrigado! Boa semana a todos!

Sobre Segredos

O meu amor por ti
navegou pelos meus sonhos
sem se dar conta das suas margens;

foi além de seus próprios limites:
não quis passear, mas partir em viagem.

O meu amor por ti
calou todos os pássaros
que anunciam a madrugada;

não quis encontrar a luz do dia:
ficou satisfeito só em imaginar como seria
seu rosto perfeito refletido nas águas.

O meu amor por ti
acabou refém do seu próprio reino:

teve medo de conhecer-te de perto,
acabou escondido (mas protegido)
atrás das paredes de seu solitário castelo.

(por Filipe C.)

10 comentários:

Ká. disse...

Passei por aqui (toda terça!) só pra dar parabéns pelas 6 mil visitas e muitas outras mil que virão... e cada vez mais os poemas se tornam especiais e que tocam sempre de alguma maneira. Mil beijinhos pra vc!=)

disse...

Parabéns!
Incrivelmente lindos como sempre.

Mari disse...

E pensar que eu vi o primeiro poema publicado aqui, te garanti que ia ser um sucesso e você ainda duvidou disso.

Devia ter apostado contigo. :P

Parabéns, Filipe. Você merece!

E sobre o poema da semana não falo nada. Já desisti de tentar fazer um comentário que preste sobre o que você escreve. Hahaha!

Saudades!

Sami Ayad disse...

Que fase, hein filipe?
ta muito pop! hahaha
o poema eh bastante "visual" gracas as metaforas e apesar de o tema ser o velho amor idealizado(haha) voce conseguiu dar uma nova perspectiva. O esquema metrico tambem achei muito legal.
Gostei..Gostei..
um grande abraco

Diego Moreira disse...

Fala, mestre! Parabéns pelas visitas! Devo fechar esse mês lá no Geografias com 1000 visitas (tem sido a média mensal).

Só que para o meu caso é fácil ter mais acessos pois muita gente chega através do Google ou AltaVista, procurando por temas abordados nos meus textos.

No seu caso, são só os seus visitantes mesmo. Pessoas que você conhece ou que divulgam o seu blogue, como eu. Parabéns, meu velho!

Ah... Criei um blog pra tratar de assuntos técnicos de geografia. É o (http://conceitosetemas.blogspot.com/). Depois queria tua opinião. E tem umas crônicas bem bacanas lá no Geografias Suburbanas. Coisa que deve entrar pro livro. Dá uma olhada...

Aquele abraço!

afonso disse...

bom a vera filiperi. uhullll.

monique disse...

Aos poucos estou conseguindo ler todos.. e o "Sobre tempestades" realemte é magnífico..
Tenho que estudar mas não consigo sair daqui! rs..
parabéns pelas visitas, você merece!

Shii disse...

Nossa...
que lindo =)
"O meu amor por ti
acabou refém do seu próprio reino:
teve medo de conhecer-te de perto,
acabou escondido (mas protegido)
atrás das paredes de seu solitário castelo."

a parte que mais gostei =)

Você fala do amor tão bem.
Queria falar do amor assim também ><

Krol S² Vitor->te amo mto viu meu menino! disse...

Olá professor!O senhor não me conhece, vim visitar seu blog indicada por uma amiga minha, que é aluna sua( Sayuri Yatabe).Mas, lendo seus poemas (tão lindos!), tive uma dúvida:será que podería escrever um poema, que falasse de amor, para presentear meu namorado (pode deixar que darei seus créditos pelo poema)?É que só tenho talento para compor músicas, em poemas admito que sou uma negação!Quería algo para marcar nosso aniversário de um ano de felicidade.Pode ser algo bem vago, já que não conhece nossa história, mas se possível algo que fale sobre a espera por ele e o amor que nos une...lembrando que somos evangélicos, e se possível fale de Deus, pois foi Ele que nos uniu.Então assim encerro, parabenizando por esse incrível talento, e agradecendo desde já.Abraços, de mais uma admiradora de seu talento, Caroline.

Livia Fada disse...

SENSACIONAL !!!!

Parabénss ;P